5 PILARES DO EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL

Por portal nutri
  1. SAÚDE INTESTINAL

O intestino precisa funcionar todos os dias! 

Está comprovado que intestino parado ou lento está associado à disbiose intestinal (desequilíbrio da flora bacteriana intestinal) e a várias alterações negativas para nosso organismo. 

A composição da microbiota é totalmente influenciada por fatores como:

  • alimentos industrializados, 
  • consumo de fibras, 
  • medicamentos, 
  • atividade física. 

Existem correlações entre o intestino e cérebro, sistema endócrino, metabólico, imunológico e muitos outros sistemas, ou seja, a microbiota intestinal saudável influencia as respostas imunológicas e no tratamento de várias doenças. Alterações intestinais podem levar a distúrbios hormonais que atrapalham o emagrecimento e também geram alterações na forma de armazenar gordura no organismo. Uma adequação como fibras e mais água ajuda na melhora do transito intestinal, mas em alguns casos é preciso estratégias diferenciadas.

Tratar o intestino é o passo inicial para ter saúde e emagrecer bem.

  1. HIDRATAÇÃO 

A água é importante para a saúde e o emagrecimento!

Remove toxinas do organismo, ajuda a transportar oxigênio e nutrientes para as células, ajuda a converter alimento em energia, ajuda na absorção de nutrientes e também compõe 75% dos nossos músculos, diminui a retenção de líquido, aumenta a saciedade. Além de ajudar no funcionamento do intestino, de hidratar, de regular a temperatura do corpo que é um ponto fundamental quando se trata de redução de gordura. Um organismo mais hidratado trabalha mais rápido e funciona mais ativamente.

A água é primordial para todas as nossas funções vitais. Normalmente, devemos ingerir de 30 a 35 ml de água por quilo de peso.

3. ALIMENTAÇÃO BALANCEADA

É necessário se alimentar de forma saudável! Nosso corpo não precisa apenas de calorias, mas também de bons nutrientes, como: carboidratos, gorduras boas, proteínas, sais minerais e vitaminas. Cuidar da alimentação com variedade e equilíbrio é a melhor maneira de garantir qualidade de vida, pois faz o corpo funcionar de maneira adequada e também ajuda na prevenção de doenças.

Abusar de alimentos ricos em gorduras saturadas, açúcares e sódio é um precursor para doenças como hipertensão, obesidade e diabetes.

Não deixe a fome acumular! As chances de consumir comida industrializada e “fast foods” aumentam muito quando estamos com forme e é comum comer rapidamente e em mais quantidade do que o necessário.

Para ter uma alimentação balanceada, comece descascando mais e desembalando menos.

O equilíbrio é à base de tudo, inclusive da alimentação saudável!

4. EXERCÍCIO FÍSICO

O maior vilão, no Brasil, para o ganho de peso excessivo é o sedentarismo. A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que para sair do sedentarismo precisamos de trinta minutos de atividade física no mínimo  três vezes na semana.

Além de acelerar o metabolismo e auxiliar no emagrecimento, os exercícios também melhoram a saúde cardiovascular e estimulam a liberação de hormônios do cérebro que te fazem se sentir melhor, mais calmo e com mais disposição.

Escolha uma atividade física que você gosta e a inclua na sua rotina diária!

5. DESCANSO

Pessoas que não dormem bem engordam e possuem dificuldades para emagrecer. É isso mesmo! Durante o sono, ocorre o pico de secreção do GH – hormônio que, entre outros benefícios à saúde, tem características de queimar gordura e produzir músculos. Sendo assim, dormir poucas horas provoca a menor secreção de GH.

A melatonina, hormônio que o organismo produz, também está diretamente relacionada ao repouso. Ela regula o ciclo do sono e a sua falta pode levar a diminuição do metabolismo, ampliação da resistência à insulina e ao aumento do apetite. Levando ao acúmulo de gordura.

Além disso,para ter energia é importante ter o sono reparador, de qualidade. Uma noite de sono ruim e dias sem descanso podem prejudicar a memória e a produção de hormônios, aumentar o estresse, o cansaço e a irritabilidade, diminuindo a imunidade, levando também ao aumento do apetite desregulado, a gula.

É muito importante tentar dormir no mínimo seis horas por noite!

Thiara França.
Nutricionista funcional em obesidade e síndrome metabólica.
Especialista em materno infantil.

Siga no insta: http://instagram.com/nutri_thiarafranca

 

Gostou dessas dicas? Para receber mais conteúdo gratuito e de qualidade siga-nos em nossas redes sociais: